Os auto-retratos surreais de Noell S. Oszvald

Nada de duck face ou olhadinha por cima do ombro no espelho! A fotógrafa húngara Noell S. Oszvald apresenta uma série de auto-retratos que poderiam estar expostos em qualquer museu de arte contemporânea mundo afora.
Com apenas 22 anos de idade, suas fotos são sempre em preto e branco, pois como ela mesma diz, as cores trazem consigo uma espécie de distração. “Eu me sinto da mesma maneira sobre roupas e outros assuntos de aparência, por isso eu gosto de reduzir as formas, composições e conteúdo das minhas imagens”, diz ela.
Noell também se recusa a fazer descrições sobre suas fotografias, e deixa que as legendas sejam uma consequência da interpretação dos telespectadores. “Eu não quero dizer às pessoas o que devem ver em minhas imagens”, diz ela, “Isso mostra o que eu gostaria de expressar, mas cada um é livre para descobrir o que a imagem diz a eles. É muito interessante ler tantos pensamentos diferentes sobre o mesmo trabalho.”
Por essas e outras, Noell coloca muito sentimento em seu trabalho, o que torna tudo muito mais lindreza e especial.
Confira:

Uma resposta para “Os auto-retratos surreais de Noell S. Oszvald”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *