Quadrinhos Ácidos: humor ácido e abrasivo em forma de tirinha!

Eu tinha certeza que um dia eu ia ganhar alguma coisa com esse site. Mia mãe me disse que não, que internet era lugar de gente louca, mas eu sabia.
Olá, pêssego de ph ácido!
Estava eu, maravilhosa e deslumbrante, cantando e dançando com meu radinho de pilha do lado, vestida cás mia polaina quando me chega uma inbox maravilhosa do Pedro Leite.
WHO IS PEDRO LEITE, TIA? 
Nossa, vocês tão cada dia mais vorazes e curiosos, espera um pouco. Dias depois dessa inbox maravilhosa chegou uma encomenda aqui em casa, no castelo de pêssega.
Agora sim, vou apresentar menino Pedro. Você já deve ter dado de cara com algum dos quadrinhos que ilustram essa postagem por aí, pois bem, eles são de autoria do Pedro. Os “Quadrinhos Ácidos” são uma série de tirinhas onde os temas do dia-a-dia, os paranauê diários, são abordados com aquele humor maravilhoso, ácido e abrasivo que nem a lixa que esfreguei a cara da inimiga sexta passada. Nos quadrinhos ce pode encontrar desde o mundo ao contrário, como mulheres recebendo elogios educados no meio da rua, anúncios de cerveja com homens sensualizando a um apanhado de misturas que não caem bem, como política + religião (sim, to falando daquele cara mesmo, ce sabe coé). Os quadrinhos ácidos são especialmente para aquelas pessoas que sabem rir de si mesmas e sabem que acidez nem sempre causa careta. O Pedro (vou ficar repetindo o nome dele mesmo, to nei ai) é ilustrador, cartunista e publicitário frustrado (diz ele), mas eu sou uma diva do soul frustrada, faz parte da vida.
Agora, fica ai com alguns dos quadrinhos ácido e me diz q ce achou depois <3

AI! Esqueci de contar o que tinha na encomenda. Pois bem, na minha encomenda veio, direto de Porto Alegre, dois exemplares do fanzine de amostra dos Quadrinhos Ácidos com três marcadores com versões reduzidas das tirinhas, resumindo, UM PACOTE DE AMOR! 

Chorando lágrimas de amor por ter ganhado alguma coisa nessa internet e por ter sido esses quadrinhos maravilhosos. Agora podem começar a me mandar jóias e pedidos de casamento. Aceito lontras também.
Pedro, entra na minha casa, entra na minha vida.
p.s: chorem na minha dedicatória. :*

-x-
Alana Ávila