Jardineiro Jair | Vamas fazer uma hortinha ali na Roosevelt?

NUM ME MEXE NOS DISCO JAIR, JÁ FALEIN. *desligani a irritação pra não jogar mais ódio nazinternéts* ceis tão boa? eu tô também, graças a caipora. Minina, desculpa qualquer coisa, mas é que eu tô com um jardineiro aqui-em-casa-que-na-verdade-é-minha-cabeça-mas-eu-falo-casa-só-pra-contar-a-historinha-mesmo-e-tentar-trabalhar-um-pouco-da-coisa-da-objetividadgean, que me tira do sério. Ele me ajuda a cuidar das planta direitinho? ajuda, mas nem é esse o problema. O problema é 1) a ciática, sempre e 2) que ele me fica falani ~vai pro mundo, moliérer, vai vai… e leva as planta – na verdade ele fala ~pranta~, mas é errado e eu corrijo pra não confundir na leitura – e por fim, 3) ele me chama de jacaroa *cara de amoeba pra esse apelido*. Mindiz: como lidar?

Mas se tem uma coisa que num dá pra tirar a razão do Jair é que o mundo anda meio cinza, néan!? Esses dias mesmo fui tirar uma fóta do horizonte de sumpaula pra postar no instagrão e seramadan, mas num postei. Tentei até uns filtro lá, mas num postei. Só sei que era um minimalismo geométrico só não mais rebuceteante que a palheta que variava entre os sei lá quantos tons de cinza e aquela cor nhé de strogonófin, sápi, que dá até desgosto . Me fez ficar pensani  umas cinco rodadas do resultado parcial da tele sena onde caralhas d’água enfiaram a coisa da mãe natureza *sarah sheeva feelings*. No cu, né!? Só pode. E pra ajudar, a tia soube de que uma parte daqueles 5 % da população que ninguém sabe kenhé, mas sabe que eles cagam dinheiras – logo, mandam e desmandam em tudo –  tão quereni transformar a praça Roosevelt em um parque fechadozzzZZZZzz, no esqueminha clássico você-entra-você-morador-de-rua-não-entra-e-todos-vocês-vão-embora-na-hora-que-eu-estipular. Alguém me explica qualé-qui-é de colocar portão em praça e parque? *retórica mode off*

giphy

rapa fora, jaburu!

Eis que, depois de algumas bicadas no chá de cidrera, tive uma ideia daquelas que a gente até anota no papelzinho pra não esquecer, porque no fundo do útero, bem lá no fundão mesmo, a gente sabe que ela vai ser útil. E porque eu tava com preguiça de ligar o computador também. Me dói as vista.

*releni a ideia*

Vamas fazer uma horta juntas? Eu, você pesseguete leitoura, o Jair, a marida, minhas bijuzinha do Cintxya Cintilantxy, os lindrezura do Coletivo P’atuá, os moradores de rua do centrão e mais um montão de gente que eu ainda num terminei de convidar porque ALOAH DISLEXIA. Vama? O Jair vai separar umas muda de tomate, alfaça, rúcula, agrião, cenoura, mamão, etecétere, pra gente transformar a praça roosevelt, durante o festival Satyrianas, em um jardinzão secreto só que sem a parte do secreto. Aí, eu tava aqui pensando que você, pessegoso do Rio de Xaneiroan, Cooritchiba, Cordeirópolis, Rolandia, Ressaquinha, de qualquer parte que for, poderia fazer o mesmo – que seja plantar um pezinho de feijão – na sua cidade e mandar uma foto pra tia. Eu ia amar litros!

O evento é esse AQUI e eu já tô ansióusan pra deixar essa caralham um tikito mais verde.

tumblr_mf99uhpd4b1qbtx9yo1_250

ai kisteliiiiiciiiam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *